sábado, 28 de setembro de 2013

Desventura em série

por Gabriela,


Conhecida como uma série misteriosa e viciante, a coleção de livros (13) do autor pseudônimo Lemony Snicket, faz com que o leitor se surpreenda e se envolva à obra escrita.

As ''desventuras'' dos irmão Baudelaire iniciam a partir da morte  de seus pais e do misterioso incêndio da casa onde viviam,que segundo a polícia, é um caso sem solução, sem nenhum suspeito. Assim, sem abrigo e sem seus pais para lhes proteger, os irmãos são levados para morar em diversos lugares, tendo  diversos tutores. Passam a viver com pessoas diferentes, amigos da família, conhecendo- os cada vez mais. Mas tudo, dependendo do lugar de onde estivessem, acabava com uma triste desgraça. E isso pertencia a um só culpado, que perseguia e não desistia da herança que pertencia aos Baudelaire, o famoso e cruel vilão: Conde Olaf. Desde o início, sempre planejando arruinar com a vida dos pobres irmãos, importunando-os aonde quer que estivessem e destruindo não só com a vida deles, mas também  com a dos tutores, que por algum motivo desconhecido, morriam de forma trágica, seja ela, por afogamento, ''picada de cobra'', enforcamento, etc.

A série continua desvendando fatos e segredos que fazem com que os Baudelaire entendam não só como tudo aconteceu, mas também o passado de seus pais, falecidos. Ao longo de sua jornada, fazem amigos, os trigêmeos Quagmire, que por serem orfãos e terem uma grande herança guardada, sofrem também pelas garras do Olaf.

A união e a inteligência é o que os une cada vez mais, vencendo tudo que há de desagradável possível.

"Algumas pessoas encontram conforto apenas por estarem juntas."

Descrição dos irmãos Baudelaire :

 Violet, a irmã mais velha, com apenas 14 anos, é conhecida pela família por  gostar de inventar coisas novas e criar a partir de um objeto antigo, sem uso absoluto,  algo aproveitável.

 Klaus, o irmão do meio, tem 12 anos e é considerado o mais inteligente da casa e da enorme família por amar ler, seja qual for o assunto do livro. Nas decorrentes desventuras que vive, seu conhecimento absorvido o ajuda em diversas ocasiões, sejam elas difíceis ou não.
Já Sunny,  a mais jovem entre os irmãos, é conhecida por amar morder objetos, sejam eles quais forem. Por ser ainda um bebê, possui apenas quatro dentes super afiados, que a ajudam a se divertir  e até mesmo se proteger.

Referências :


http://www.mixliterario.com/2012/06/resenha-desventuras-em-serie-mau-comeco.html

Técnicas de Legendas...uma proposta de trabalho escolar.

 por Luciano,

 Na disciplina de Inglês neste 3º trimestre no Colégio,a professora nos propôs um trabalho de selecionar  um vídeo em português e traduzi-lo para o inglês com legendas.

 Foi um trabalho muito difícil de realizar, pois havia muitos problemas  tais como, salvar o vídeo quando baixado.  Mas, mesmo com tantas dificuldades assim, alguns grupos conseguiram realizar a atividade, no entanto, a maioria foi impedida pelo problema do vídeo ou pelo problema de calcular os segundos exatos para colocar a legenda, o que foi o meu caso.

Os que conseguiram realizar a proposta ficou perfeito, tanto no tempo de produção, quanto na qualidade do vídeo. A turma teria de escolher um filme brasileiro, o tempo dado para o término das legendas era de uma semana e a turma optou pelo filme “O Auto da Compadecida” que é um filme que mostra a “história” da época dos cangaceiros,que se passa na região Nordeste do Brasil.  O filme combina dois gêneros, o drama e a comédia.


sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Vídeo Game

por Luciano,

Falarei sobre o vídeo game, que no caso é uma máquina que proporciona a você jogar jogos.
O vídeo game foi criado em 1958 por William Higinbotham, o primeiro vídeo game foi batizado com dois nomes Tennis Programming e Tennis for Two era um jogo em traços, claro que não tinha a evolução que tem hoje, pois tem gráficos muito melhores, jogabilidade(forma de controle,estilo de mexer,etc) excelente. Existe o Xbox 360, Playstation 3,etc.

Os gráficos começaram a melhorar na época em que foi criado o Atari que é o vídeo game que começou a melhorar as gerações que vem evoluindo os gráficos que temos hoje.

Aos poucos vem sendo criados novos vídeo games, mas das mesmas empresas, no caso, as empresas são Sony e Microsoft, elas criam computadores,vídeo games,etc.


 Fonte: http://www.infoescola.com/curiosidades/historia-do-videogame/   

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Gosto pela leitura...

por Laís,


 Se pararmos pra pensar, a leitura é algo muito particular, assim como a roupa que usamos, a música que ouvimos, ou então a comida que gostamos. Eu, particularmente, odeio aqueles livros que tratam de uma mitologia – quase impossível –, ou então do gênero terror, suspense, drama, ou daqueles – tediosos – que garotos leem.

Parte favorita da minha coleção de livros
 Incrível também é a influência que temos, como por exemplo “Percy Jackson e os Olimpianos” ... só foi um ler, que todos resolveram pegar a mesma onda. Vai ter gente por aí dizendo: “Ai, nem é isso”, é óbvio que não é só isso. Pra falar a verdade, até que é um bom livro, mas quem tem os “pés no chão” sabe que aquilo tudo é fruto da boa imaginação do escritor. Sim, têm muitas pessoas por aí que buscam em livros um universo paralelo, e acho que isso é uma boa fuga, já que os personagens podem se tornar os nossos maiores confidentes.

 Mas agora você se pergunta: “O que essa guria lê então?”. Bom, eu sou mais chegada àqueles livros reais, e que muitas vezes posso me espelhar neles. É interessante buscar uma literatura voltada a nossa idade, porque isso ajuda até a mudar nosso pensamento crítico sobre o mundo.

A poucos meses, minha amiga me indicou duas séries, uma chamada “Fazendo meu Filme”, e a outra “Minha vida fora de série”. Nossa, eu me tornei obcecada por cada página daqueles quatro livros. É tão ruim quando percebemos que ele está chegando ao fim, e que você não poderá mais entrar naquele mundo – a não ser que leia novamente os mesmos – onde muitas vezes é o nosso refúgio desses dias tão turbulentos e corridos.

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Minha bagunça, Meu Quarto

por Nadjini,

No meu quarto tem prateleiras com livros e algumas com ursinhos de pelúcia, tem um armário e uma escrivaninha, tem bichinhos de plástico, tem um violão, porque eu fazia aulas, mais meio que perdi a vontade de tocar, acho que por falta de tempo ou pela preguiça mesmo.

Enfim, meu quarto tem as minhas bagunças, mas é nelas que eu me acho, ele parece um pouco comigo até, meio confuso e bagunçado, mas é nele que fico a maioria do tempo quando estou triste ou com raiva, é nele que faço minhas tarefas, é como se ele morasse em mim também.

Meu espaço preferido no meu quarto é onde guardo minhas pastas, com folhas onde escrevo frases que eu gosto, acho que elas não tem um estilo próprio, varia, depende do meu humor, mas normalmente retratam meus sentimentos, que na verdade, não são poucos. Uma delas que mais gosto é 'Até o dia em que chega alguém na sua vida e muda tudo, isso parece ser muito mais que uma grande confusão', meio que marcou uma parte da minha vida. Também tem um espaço onde guardo minhas fotos, são lembranças, e as vezes me pego revivendo cada uma delas.


 Então, meu quarto é a minha cara, tem as coisas que eu curto fazer, tem meus cantos de estudo, meus momentos, é como se fosse o meu abrigo.

Créditos da imagem:

Amo Volei!

por Bruna Rocha,

Bom, como o terceiro  trimestre começou ,uma nova etapa do blog está por vir. Eu como uma das  ''blogueira'' desse trimestre irei falar sobre volei, um esporte que eu adoro. Eu era uma jogadora de volei , jogava na Unisul (Universidade do Sul de Santa Catarina)  todas as terças e quintas-feiras. Comecei a jogar com 10 anos de idade , é um esporte que eu me amarro , quase todos os finais de semanas eu sempre tinha um disputa para ir com minha equipe eu não faltava um campeonato se quer . Mas infelizmente tive que para de jogar porque troquei de colégio e não iria dar mais pra mim continuar jogando volei.

 Entrei no Colégio de Aplicação em 2011, aqui eu tentei me informar se tinha alguns  esportes depois da aula mas ninguém soube me falar, no dia seguinte no meu primeiro dia de aula no CA  a professora de Português queria que fizéssemos uma  entrevista sobre volei, aí então eu entrevistei a minha amiga Larissa que também é jogadora de volei, descobri que o Voleibol foi criado em 1885,  por William G. Morgan, responsável pela Educação Física no Colégio de Holyoke , que ele morava no Estados Unidos  da América .


Me arrependo muito de ter parado de jogar. Mas com certeza que se tiver qualquer alternativa eu voltarei.

William G. Morgan, o homem que criou o volei 

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Viagem coletiva ao passado

  por Laís,

Executada pelo projeto Pés na Estrada do Conhecimento, a viagem até Minas Gerais aconteceu durante os dias 2 e 7 de setembro do ano de 2013, e levou consigo 3 turmas de estudantes do Colégio de Aplicação da UFSC.

Mas para que vocês não pensem que isso é um passeio voltado a diversão, já vou logo antecipando que para embarcarmos nas 24 horas de ida precisávamos apresentar um projeto de pesquisa.

 E como eram feitos esses trabalhos? Bom, nos dividimos em grupos de 3 a 5 pessoas, e fomos orientados por professores durante toda a realização do mesmo.

Sobre o que os trabalhos tratam? Depende. Cada grupo poderia escolher seu tema, e o meu decidiu que abordaríamos os patrimônios históricos e culturais[1], e o turismo no local.

Vocês tinham algum objetivo? Sim, na verdade todo trabalho é concluído com uma apresentação de audiovisual, mas podem se diferenciar pelas técnicas utilizadas na criação, o que torna cada trabalho único. Meu grupo teve a ideia de algo interativo, algo que seria (até então) mais dinâmico, e decidimos que faríamos uma espécie de filme, onde uma guia turística (local) explicaria um pouco do passado de vários edifícios/museus/igrejas a uma turista manezinha.

Ainda em Florianópolis deixamos tudo pronto. Montamos o roteiro, as falas e definimos as expressões e gírias. Bastaria chegar lá e gravar. 

Falando assim parece fácil, né?! Pois é, nós também pensávamos assim. Acontece que na hora do “vamos ver” nada conspirava a nosso favor, pois o cartão de memória da câmera enchia, o áudio ficava baixo, o trânsito aumentava, pessoas ficavam passando em frente a gravação, entre outras pequenas dificuldades que encontramos.

Para ficar mais concreto ainda, resolvemos que prepararíamos dois tipos de entrevistas, uma para os moradores e outra para os turistas. Em ambas era questionada a importância dos patrimônios e da história do lugar, já na direcionada apenas para os turistas procuramos saber o que os atraia até aquela cidade, e se eles sabiam um pouco sobre o passado dali.



Imagem onde mostra uma das tomadas/gravações na cidade de Ouro Preto – MG.


 Igreja Nossa Senhora do Carmo, localizada na cidade de Ouro Preto – MG, e considerada um patrimônio histórico muito importante para a história do lugar.



[1] É, basicamente, tudo aquilo que tem uma importância para a sociedade, e nem sempre é preciso ser algo material.

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Quais são as principais atividades econômicas dos países da América Latina ?

por Nadjini,

Antes do período colonial, os espaços que hoje conhecemos como  América Latina  só cultivavam produtos que vinham da agricultura. Algumas sociedades conseguiam  seus alimentos através da caça, pesca e coleta, o suficiente para o seu próprio consumo. Então, com a chegada dos colonizadores europeus,  a partir do século XVI, os países das colônias da América Latina começaram a produzir produtos que pudessem exportar, para garantir os lucros das metrópoles, logo, produziam produtos que estavam em alta no mercado consumidor.


Atualmente os países da América Latina, em geral,  são exportadores de produtos primários, como cana-de-açúcar, café, trigo, entre outros pontos. Destacam-se também na  mineração, que é um grande lucro para os países, pelo fato de ser exportado tanto entre os países da América Latina como para outras regiões do Planeta.  Alguns países, como o Brasil, além de produtos primários exportam produtos industrializados.

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Carta da apresentação da Equipe de Criação - 3º Trimestre

por Equipe de Criação,


Como o terceiro trimestre já se iniciou, um novo grupo de blogueiros surge. Somos constituídos por 8 integrantes, no qual, iremos focar em assuntos de nosso interesse, abordando diversos temas e opiniões diferentes. 

Para abrirmos nossos trabalhos, decidimos que faríamos um post de nosso interesse. As Olimpíadas do Colégio de Aplicação irão acontecer durante os dias 14 e 19 de setembro, onde os alunos disputarão jogos de handebol, basquete, futsal, vôlei, e ainda participarão de algumas modalidades do atletismo. Em meio ao envolvimento com todas essas atividades, teremos a oportunidade de nos relacionarmos e nos conhecermos melhor, trocando ideias e participando juntos de um evento que é promovido pelo Colégio. 

São equipes grandes, com um só objetivo: ''ganhar a olimpíadas'‘. Todos se dedicam e - com o "uniformes" diferentes, elegidos pela turma - jogam com garra e força. É necessário muita concentração e equilíbrio do time, pois cada fase é uma experiência nova, e cada uma delas alcançadas, é uma vitória para todos nós. 


Cada dia que se passa fazemos novos amigos, aliás o objetivo do Colégio de Aplicação é fazer com que todos os alunos se unam e façam uma só equipe, a equipe do Colégio de Aplicação, que procura se esforçar para se formar, e ao final do ano estar sempre com boas notas, novas amizades, e um futuro garantido.

Nossa turma é do 9°C, composta por 27 estudantes
, e estamos treinando o ano todo nas aulas de Educação Física em busca de criar condições para uma boa atuação durante os jogos. Por sermos amigos dos integrantes das outras turmas, entendemos que não se deve apenas ir atrás da vitória, mas sim em busca de divertimento e aprendizagem, afinal é uma semana inteira interagindo com todos. 





domingo, 8 de setembro de 2013

Memórias de Leitura

por Fillipe,

Durante o ano dedicamos uma aula por semana para a leitura, nesse meio tempo li quatro livros, dois passados pela professora, portanto sendo obrigatórios e outros dois de minha preferência.  O primeiro, obrigatório, se chama “Histórias Fantásticas”, que é uma coletânea de obras de vários escritores famosos, dentre essas, a que mais me chamou atenção, foi a história “O retrato oval”, que trata de um homem que vai pintar sua esposa em um quadro e o próprio fica obsessivo pela obra, depois de tempos, quando ele a termina, sua mulher está morta, essa é o único conto do livro que é escrita por Edgar Allan Poe, é uma obra bastante obscura, mas muito boa.
Tirando essa história, pela minha percepção, o livro é extremamente ruim, com histórias confusas, que não dá para se entender. Já o segundo, também obrigatório, chama-se “Vida de droga”, do escritor, dramaturgo e autor de novelas brasileiras Walcyr Carrasco, a história conta a vida de Dora que perde tudo na vida e se muda para uma favela, lá ela entra na vida das drogas. As primeiras paginas do livro são entediantes, quando ela se muda para a favela é que a história começa a ficar legal, quando ela entra para as drogas o livro fica muito bacana, é um ótimo livro, principalmente porque isso é um relato do que muitos jovens passam.
O terceiro livro que li, opcional, foi Harry Potter e a Pedra Filosofal, que fala de um menino chamado Harry Potter que descobre que é um bruxo, e foi o único que escapou da maldição da morte, ele vai para uma escola de feiticeiros e faz amigos inseparáveis e luta bravamente contra seu pior inimigo para salvar a pedra da imortalidade, é um ótimo livro, intrigante e emocionante.

O quarto e último livro, de minha escolha, é o segundo livro da saga Harry Potter, que se chama Harry Potter e a Câmara Secreta, aonde ele se reencontra com seus amigos em Hogwarts (a escola de magia) e tenta salvar própria de uma grande serpente que mata todos os alunos que são impuros, filhos de bruxos com humanos, esse livro foi o melhor já lido por mim, quando você o lê você entra na história, é uma sensação incrível! Gostei da experiência de leitura e pretendo sempre ler mais e mais, pois gosto muito.

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

O Voleibol

por Bruna,


O Voleibol (vôlei) é um esporte praticado numa quadra dividida em duas partes por uma rede, possuindo duas equipes de seis jogadores em cada lado. O objetivo do vôlei é fazer a bola passar sobre a rede de modo que a bola toque no chão dentro da quadra adversaria.

O vôlei foi criado em 9 de fevereiro de 1895 por William George Morgan nos Estados Unidos. O objetivo de Morgan era criar um esporte de equipes sem contato físico entre os adversários de modo a minimizar os riscos de lesões.

Em 1947 foi fundada a Federação Internacional de Voleibol (FIVB). Dois anos mais tarde foi realizado o primeiro Campeonato Mundial de Voleibol. Na ocasião só houve o evento masculino. Em 1952, o evento foi estendido também ao voleibol feminino. No ano de 1964 o voleibol passou a fazer parte do programa dos Jogos Olímpicos, tendo-se mantido até a atualidade.

Recentemente, o voleibol de praia, uma modalidade derivada do voleibol, tem obtido grande sucesso em diversos países, como o Brasil e os Estados Unidos. Nos esportes coletivos, a primeira medalha de ouro olímpica conquistada por um país foi obtida pela equipe masculina de vôlei do Brasil nos Jogos Olímpicos de Verão de 1992. Nos Jogos Olímpicos de Verão de 2008 foi a vez da seleção brasileira feminina ganhar a sua primeira medalha de ouro em Olimpíadas.

Cada equipe de voleibol é constituída por 12 jogadores: seis efetivos e seis suplentes, em quadra, portanto, ficam dois times de seis jogadores.

O jogo começa com um dos times que devem sacar. Logo depois do saque a bola deve ultrapassar a rede e seguir ao campo do adversário onde os jogadores tentam evitar que a bola entre no seu campo usando qualquer parte do corpo, o jogador pode rebater a bola para que ela passe para o campo adversário sendo permitidos dar três toques na bola antes que ela passe, sempre alternando os jogadores que dão os toques. Caso a bola caia é ponto do time adversário.O jogador pode encostar na rede exceto na borda superior, caso isso ocorra o ponto será para o outro time. 

Desde pequena sempre gostei do vôlei, sempre tive o sonho de ser uma jogadora profissional, por eu ser alta meus familiares sempre falam que seria bom eu jogar. Nos lugares que podia fazer os horários não batiam com as aulas ou era muito tarde. Ano que vem espero conseguir um horário para treinar já que é um dos meus esportes favoritos.

Referências: