quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Filme: A última música.




Por Larissa Machado

Aos dezessete anos, Verônica Miller, ou simplesmente Ronnie, vê sua vida virada de cabeça para baixo quando seus pais se divorciaram e seu pai decide ir morar na praia de Wrightsville (Carolina do Norte – EUA). Três anos depois, ela continua magoada e distante dos pais, particularmente do pai. Entretanto, sua mãe decide que seria melhor para os filhos passarem as férias de verão com ele na Carolina do Norte. O pai de Ronnie, ex-pianista, vive uma vida tranquila na cidade costeira. Revoltada, Ronnie rejeita toda e qualquer tentativa de aproximação dele e ameaça voltar para Nova York antes do verão acabar. É quando Ronnie conhece Will, o garoto mais popular da cidade, e conforme vai “baixando a guarda” começa a apaixonar-se profundamente por ele, abrindo-se para uma nova experiência que lhe proporcionará uma imensa felicidade – e dor – jamais sentida. Uma história inesquecível de amor, carinho o amadurecimento, a relação entre pais e filhos, demonstra, como só Nicholas Sparks consegue, as várias maneiras que o amor é capaz de partir e curar seu coração.


 

domingo, 16 de dezembro de 2012

Apotemnofilia


                                                                                                                    Por Natália Vieira

A apotemnofilia é uma doença psiquiátrica que um individuo sente o desejo amputar um membro ou mais de seu corpo. A apotemnofilia não é só o desejo de amputar, em alguns casos a pessoa quer se tornar cega, surda ou paralítica.

David Openshar e sua prótese.
Muitas pessoas que portam essa doença sentem inveja quando avistam um deficiente. Já houve casos de se deixarem atropelar para que o membro afetado seja amputado para que assim possam se satisfazer usando muletas e cadeiras de rodas. 

David  Openshar, de 28 anos, portador da apotemnofiliaque, no ano de 2008 tomou a decisão de tornar seu desejo realidade. No dia David encheu um balde com gelo seco para colocar sua perna. Assim, o membro apodreceu e sua perna acabou sendo amputada como queria. Desde então ele se diz muito feliz com sua  prótese de perna.

Fonte:

Oriente Médio


Por Larissa Machado.

O Oriente Médio localizado na parte sudeste do continente asiático onde predominam as paisagens desérticas e semidesérticas na Ásia. Atualmente vivem nele cerca de 299 milhões de pessoas distribuídas irregularmente entre os 15 países dessa região. A convivência desses países muitas vezes são tensas pelo fato da intolerância religiosa às vezes provocarem conflitos armados. Além disso há também conflitos por territórios entre países fronteiriços por água e por petróleo. Esses aspectos tornam ele uma das regiões politicamente mais instáveis do mundo. 

O Oriente Médio possui diversos países como: Turquia, Líbano, Israel, Jordânia, Iraque, Arábia Saudita, Síria, Irã, Kuwait, Barein, Catar, Iêmen, Omã, Emirados Árabes Unidos e Afeganistão. Esse espaço abrange uma grande área de petróleo que teve sua exploração iniciada nas primeiras décadas do século XX. Encontrou-se uma grande reserva dele na Arábia Saudita, porém neste país, apesar das riquezas, pode ser localizado um índice de mortalidade infantil e alfabetismo muito grande. Logo podemos afirmar que a riqueza é desigualmente dividida. 

Na verdade a riqueza da exploração de petróleo só beneficiam as elites. Pequena parte do lucro é investida em setores como a indústria e a pecuária Grande número de jovens são atraídos para o centros urbanos para trabalhar na exploração de petróleo ou nas refinarias. Os países acabam sofrendo por não investirem na produção agropecuária (cuja outra grande dificuldade é o clima árido e a escassez de água).

Concluo que esses países precisam investir na áreas agropecuárias pois a maioria dos habitantes não tem conhecimento ou não se beneficiam pela exploração de petróleo. 

Referencia:
BOLIGIAN, Levon [et.al]. Geografia espaço e vivência: o espaço geográfico mundial.  São Paulo: Atual, 2009.

Girls Generation/SNSD


Por Gabriela Goudel


Girls Generation (소녀시대; Sonyeo Shidae) é um grupo feminino de kpop (pop coreano) de nove integrantes e que foi formado em 2007 pelo empresa SM Entertaniment. O grupo começou a fazer sucesso com as musicas “Into The New World”, “Kissing You” e “Baby Baby”, porém o grupo realmente chamou mais atenção depois do single “Gee”, que foi dada como canção da década pelo site musical coreano Melon. 

Ao decorrer de sua carreira ganhando prêmios e lançando outros singles. Mais precisamente em 2011 elas fizeram seu comeback (uma reestréia de algum grupo após um tempo fora da mídia) com a música “The Boys” que foi lançada em três línguas: coreano, japonês, e pela primeira vez, em inglês. Em 2012 fizeram sua estréia nos EUA com “The Boys” no programa “Late Show with David Letterman”.  Também existe um subgrupo de Girls Generation chamado TaeTiSeo com três membros do grupo original, (conta com: Taeyeon, Tifanny e Seohyun, que estreou em   29 de abril de 2012, com a musica Twinkle) Abaixo coloquei algumas fotos do grupo completo.

Em sentido horário: Sunny 15 de maio de 1989 (23 anos); Sooyoung 10 de fevereiro de 1990 (22 anos); Taeyeon 9 de Março de 1989 (23 anos); Tifanny 1 de agosto de 1989 (23 anos); Yuri 5 de dezembro de 1989 (22 anos); Hyoyeon 22 de setembro de 1989 (23 anos); Jessica 18 de abril de 1989 (23 anos); Yoona 30 de maio de 1990 (22 anos); Seohyun 28 de junho de 1991 (21 anos)
 Abaixo seguem vídeos um com a musica “Gee’’ e “ The Boys”. Espero que gostem!  



Trafico de mulheres

Por Larissa Machado

É simplesmente um absurdo o fato de iludirem muitas vezes mulheres necessitadas em busca de vida melhor. Elas, enganadas, acabam indo parar em bordéis no estrangeiro. 

Temos um belo exemplo atualmente sendo exibido na novela “Salve Jorge”, da Rede Globo, escrita por Glória Perez. Conta-se a história de mulheres que são selecionadas para um “desfile de modelo” e acabam, por fim, sendo trancafiadas e obrigadas a se prostituírem. 


 Deve-se cuidar e valorizar as mulheres. Elas são os seres humanos mais importantes. Sem elas não haverá reprodução. Elas sofrem para gestarem seus filhos. Elas os amam. Além de estarem cansadas do trabalho ela têm que cozinhar, passar, lavar e arrumar e ainda estarem bonitas. 

É pelo fato de milhares de crianças e mulheres que não sabem se defender que devemos lutar contra qualquer tipo de exploração.  Precisamos lutar contra a prostituição de menores, o trafico de qualquer  tipo, seja de pessoas, de drogas ou até de animais. Infelizmente isso acaba sendo uma realidade, e por isso devemos colaborar e denunciar para que isso não piore ainda mais. Então ligue e denuncie para:  

Secretaria Especial dos Direitos Humanos (SEDH) - Presidência da República: (61) 3429-9907,  ou apenas disque 100.

o fique calado, as mulheres e crianças serão gratas pela sua colaboração!