domingo, 23 de agosto de 2009

Potosí - Bolívia - AMÉRICA LATINA

Equipe de Criação [1]

República da Bolívia, um país situado na América do Sul , que tem como vizinhos geográficos os países: Chile, Paraguai, Peru, Argentina e Brasil.

Sua capital é La Paz (administrativa) e Sucre (constitucional, judicial). O dia de sua independência pela Espanha se deu no dia 6 de agosto de 1825, que é feriado nacional.






Sua área é de 1.098.581 km², sua população é de 9,62 milhões (estimativa 2006), e a moeda é o Boliviano, quem nasce lá é boliviano(a).

É um dos maiores produtores de gás natural apenas perdendo para a Venezuela. O país tem mais de uma língua oficial, sendo elas: espanhol, aimará e quíchua. Sua economia se dá de várias maneiras, sendo elas agricultura (cana-de-açúcar, soja, castanha, café e frutas), pecuária (bovinos, suínos, caprinos, ovinos e aves.), mineração (gás natural, petróleo, zinco, estanho, prata e ouro).

Nas aulas de geografia estamos estudando um pouco sobre a cidade de Potosí, que era "uma mina de prata" para a América espanhola, que tinha controle na época em que a cidade estava em sue auge (século XVII). A Espanha usava a prata que retirava de Potosí (que se localiza na Bolívia) para pagar suas dívidas com países como França, Inglaterra, Itália. Enquanto a Espanha usava a prata como pagamento de dívida, os outros países iam se modernizando, pois tinham uma burguesia mais antenada em relação a burguesia da Espanha.






[1] Por Ana Cristina Junckes.

sábado, 15 de agosto de 2009

GRIPE A (H1N1)

Equipe de Criação [1]
Oi gente, nós estamos aqui para mais uma vez para lembrar que o vírus da gripe A (H1N1) ainda esta solto por ai. Em Santa Catarina o vírus não se manifestou tanto quanto em outros estados do Brasil e está sendo controlado, mas mesmo assim é bom se precaver, então viemos trazer algumas dicas de como se prevenir dessa catástrofe quee atingiu a maior parte do mundo.
Os sintomas da gripe A (H1N1) são muito semelhantes aos da gripe comum porém o que os diferem é que pessoas com a gripe A apresentam diarréia e vômito .



Dicas para se prevenir da gripe A (H1N1) :

Lave sempre as mãos com bastante sabonete (de preferência o líquido).
Evite o contato com pessoas que estão com gripe (mesmo que seja a gripe comum).
Evite ficar esfregando as mãos na boca, nariz e olhos.
Evite ficar em lugares fechados com muita gente, procure sempre estar em lugares arejados.
Ter hábitos saudáveis como: hidratação do corpo, alimentação saudável, etc....
Ao tossir ou espirrar tape sempre a boca e/ou o nariz com um lenço descartável.
Ao suspeitar do vírus da gripe A(H1N1) ou da gripe normal, procure imediatamente um médico.

Obs: Na janelinha da sala do Orlando tem uma garrafa com álcool para passar nas mãos, é jeito de se prevenir desse vírus.mais um


[1] Ana Cristina



quinta-feira, 13 de agosto de 2009

RUMO ÀS MINAS GERAIS: ORIENTAÇÕES INICIAIS

Coordenação











Eixos de Pesquisa para o 2º e 3º trimestres/2009



EIXO 1 – Personagens e seus contextos
- Lideranças
- Conflitos
- Romances
- Projetos políticos/culturais (arte barroca)
- As mulheres, os poetas: lutas políticas
- Inconfidentes
- outros

EIXO 2 – Construções coloniais e contexto histórico-cultural
- A arquitetura colonial e seus significados
- Os caminhos e suas memórias
- As imagens falam
- Arte barroca
- outros

EIXO 3- Patrimônio histórico, memória e contexto histórico-cultural
- Preservação do patrimônio: ações
- Patrimônio histórico e cultural: desafios
- Turismo e patrimônio histórico
- Sofrendo ações do tempo e dos homens
- Arte barroca
- outros

EIXO 4- Exploração do ouro e espaço geográfico
- Arraiais, vilas, cidades : o ouro que cria a geografia da Minas Gerais
- Marcas do passado colonial no meio urbano
- O meio físico e as dificuldades na construção do espaço urbano
- outros

EIXO 5 – Religião: histórias de fé e de poder
- As ordens religiosas e suas ações políticas
- Igrejas, ouro e poder
- Arte barroca
- outros

EIXO 6- Escravidão e o projeto colonial português
- Quem eram os escravos das Minas Gerais
- Os escravos e seus senhores
- Construção do edifico colonial : trabalho nas Minas, em construções de igrejas, na extração do ouro.
- Pelourinho, prisões, leis
- O universo cultural das populações escravas
- histórias curiosas
- outros


ORIENTAÇÕES GERAIS

1- Cada GT deverá escolher um eixo de pesquisa, não podendo haver repetição de temática na mesma turma;

2- O Projeto Audiovisual deverá ser entregue no prazo de 15 dias, a contar do seu início em sala de aula;

3- Os GTs receberão o modelo do “Projeto Audiovisual” impresso, para rascunho. Os coordenadores receberão o mesmo modelo por e-mail;

4- O “Projeto Audiovisual” deverá ser entregue, impresso, na data especificada.

5- Professores Orientadores:

8ª A: Marise e Ângela
8ª B: Fernando e Adriana
8ª C: José Carlos







quarta-feira, 12 de agosto de 2009

América Latina - passado e presente

Prof. José Carlos

Assista atentamente aos vídeos que seguem. Após, desenvolva um texto argumentativo em torno da formação histórico-geográfica da América Latina. Considere em sua escrita a divisão internacional do trabalho (período colonial e atual), as consequências dos mais de 500 anos de dominação e os desafios a serem enfrentados.

Esse texto será a primeira questão de nossa avaliação, portanto traga-o neste dia!
Boa atividade!






domingo, 9 de agosto de 2009

Clipping - América Latina na mídia

Equipe de Criação [1]
A clipagem é um trabalho que está sendo desenvolvido na disciplina de Geografia, com o objetivo de nos manter mais informados sobre o que está acontecendo nos países da América Latina, coletando reportagens e notícias sobre os mesmos na semana dos dias 22 até o dia 28 de Junho do ano de 2009.

Com as reportagens encontradas (noticias sobre o Uruguai, o Paraguai, a Venezuela, várias sobre a Argentina e algumas que estão relacionadas com o Brasil), nos jornais Diário Catarinense e Clarínx (jornal argentino), podemos observar que os acontecimentos presentes encontrados em certos países da América Latina estão presentes em todos os lugares, como por exemplo, o que chamou nossa atenção foi a "Influenza A" (H1N1, ou Gripe A, como alguns preferem chamar), pois ela está presente em todos os países, jornais e noticiários, já que rapidamente essa doença tornou-se uma pandemia mundial e já matou cerca de 800 pessoas em todo o mundo, sendo que as maiorias das mortes estão presentes na América Latina, só no México são mais 150 os mortos e na Argentina o número chega muito perto.

O futebol está presente em nosso cotidiano, querendo ou não, é um assunto mundial, que agrada a todos, é um tema (esporte) muito interessante e encontramos tudo a respeito nos jornais, esse é um dos temas mais lidos e percebemos que a paixão é mundial e é encontrado em todo lugar. O futebol brasileiro é famoso mundialmente. Em nossas fontes argentinas, há muitas notícias do futebol brasileiro, o que nos deixa orgulhosos do talento brasileiro que é reconhecido.

Mas além de existirem várias coisas em comum entre os países, existem vários acontecimentos distintos, que só ocorrem devido ao determinado tipo de cultura da região, um exemplo bem claro disso são as eleições que ocorrem em cada um desses países, as corrupções, as injustiças e o modo de como essas coisas se resolvem e de como elas repercutem na mídia. Claro que na maioria dos países há roubos e problemas financeiros nos governos, mas cada país tem seu jeito de fazer isso, por incrível que pareça! Há pouco tempo surgiram rumores de que Carlos Pérez, ex-mandatário da Venezuela, ordenou que matassem Hugo Chávez em 1992, mas apesar de tudo ainda não há certezas sobre o fato, mas o principal é que esse acontecimento serve como exemplo das diferentes coisas que acontecem entre os países vizinhos.
Outra questão que podemos observar foi à época de eleições na Argentina, já que houve intrigas no governo em relação ao casal Kirchner, por exemplo, este caso repercutiu inúmeras vezes aqui no Brasil e em tantos outros países também. Mas apesar disso percebemos que a maioria das reportagens sobre o Brasil, por exemplo, acaba tento a influência de algum outro país vizinho.

Com este trabalho percebemos como é importante estar sempre informadas sobre o que ocorre no mundo, principalmente com países vizinhos. Agora estamos mais informadas e interessadas nas notícias da América Latina e do mundo, vimos que os jornais são muito importantes para o aprendizado e, também, para estarmos sempre envolvidas com assuntos mundiais, é muito importante saber e entender tudo o que está ocorrendo, não só em nossa semana de pesquisa, ao pegar um jornal, nos informamos de variados assuntos de variados dias, semanas. Não somente pela obrigação de realizar um trabalho escolar, mas com o desejo de estarmos mais informadas sobre as coisas que estão acontecendo no mundo.
[1] Raquel, Júlia F., Gabriela

Meio-ambiente? Todo dia é dia.


Equipe de Criação [1]


Bom pessoal, dia 5 de junho foi o dia mundial do meio ambiente e a gente tá passando aqui só pra lembrar o quanto é importante e necessário preservar o nosso planeta, já que não tem outro lugar em todo o universo que reúna as condições necessárias para a nossa sobrevivência, então se o planeta Terra não existisse, nós não existiríamos também.

Nesse dia são feitos mundialmente, encontros para discutir os problemas naturais do Planeta. Como a enorme poluição nas ruas e nos mares, a extinção dos animais, da flora e da fauna, as queimadas das florestas e principalmente o não reaproveitamento de coisas que podem ser recicladas, isto por que muitas pessoas têm preguiça de separar e de levar o lixo reciclável até o lugar ideal, ou seja, até o “lixo” próprio para esses objetos e produtos que serão reutilizados mais tarde.

Mas, além disso, são feitas propostas para reduzir esses problemas, como projetos apoiadas por algumas ONGS, que lutam para preservar cada vez mais o planeta Terra. Apesar de todas as contribuições ainda há países que não investem na reutilização dos materiais que podem ser reciclados, fazendo somente divulgação, mas não tomando iniciativas para que haja lugares específicos para os pontos de coleta de materiais recicláveis.

Então vamos começar a nos preocupar com o mundo, e vamos começar a tomar pequenas iniciativas para que um dia possamos reduzir razoavelmente a poluição do Planeta!


“Cuidar é a melhor forma de preservar”



[1] Raquel de Almeida Viergutz e Júlia Favaretto de Sousa.

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

O que será que acontece com o mundo?

Equipe de Criação [1]

O que será que está acontecendo com o mundo?
Essa e a pergunta, da qual ninguém pode responder!
Nenhum conhecimento pode explicar, o por que as pessoas agem assim.
Vivem como se não houvesse amanhã, como se não houvesse direção.
Priorizam suas necessidades, ao invés da dos irmãos.
E às vezes nem lembram de seus irmãos.
Esquecem de onde vêm, não escutam seu coração.
Querem tudo aquilo que veem na televisão.
Hoje em dia, se tornou normal ligar a televisão e ver:
Pessoas matando e pessoas morrendo.
Crianças chorando sem ter o que comer.
Pessoas roubando e querendo justificar.
O que será que está acontecendo com o mundo,
O que eu posso fazer para mudar?

Aonde foi que erramos, e deixamos isso acontecer?
Será que em algum instante fizemos algo para isso não acontecer?
As pessoas dizem que o mundo está errado.
Mas discriminam seus irmãos, gerando classes e indignação.
Essa discriminação faz com as pessoas se separem e vivam o ódio,
Pelo irmão que tem mais ou pelo que tem menos.
O que tem mais sempre que ter mais, e quem têm menos também quer.
Mas em algum instante nos esquecemos que e mais importante ser do que ter.
Mas o que será que fazemos para isso mudar?
Quando foi a última vez que fizemos algo pelos nossos irmãos?

O mundo é pesado e poucos querem carregar.
Acham que seus problemas já são suficientes e que não precisam de mais um.
Outros dizem que a culpa não e deles do mundo ser assim.
Eu mesmo já fui assim.
Adiamos a situação, negamos os fatos, fingimos não ver.
Achamos que vai demorar para tudo o que dizem acontecer.
Mas quem diria a trinta anos atrás que hoje seria assim.
E daqui a trinta anos como o mundo vai ser?


Emerson Marks (15/01/2008)

[1] Júlia Favaretto de Sousa e Raquel de Almeida Viergutz.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Santos Dumont

Equipe de Criação [1]

Bom blogueiros, dia 20 de julho de 1873 é a data de nascimento de Santos Dumont. Em função da passagem de seu aniversário, achamos interessante trazer pra vocês mais informações sobre o homem que foi um aeronauta e inventor brasileiro, sendo considerado o inventor do avião.

O verdadeiro nome dele era Alberto Santos Dumont. Ele é considerado o pai da aviação, já que foi ele quem inventou o avião. Seu primeiro avião que voou oficialmente pela primeira vez foi chamado de 14-Bis. Ele voou pela primeira vez com seu aeroplano, 220 metros no ano de 1906 na França, e com isso ganhou outro prêmio importante.


Dumont tem faz espalhados pelo mundo inteiro, não somente no Brasil, que é sua terra natal, já que ele não foi somente o inventor do avião, ele foi também o inventor do relógio de pulso para que pudesse sempre ter suas mãos livres para pilotar seus aviões.

Em sua homenagem há um município em Minas Gerais que tem seu nome, Santos Dumont, que claramente é o município em que o aviador nasceu. Mas além dessa, existem milhares de outras homenagens sobre este grande homem espalhadas pelo mundo inteiro.


[1] Raquel de Almeida Viergutz e Júlia Favaretto de Sousa

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Viagem à Lua completou 40 anos

Equipe de Criação [1]

Faz 40 anos que o primeiro homem pisou na Lua, e nós estamos aqui para prestar uma homenagem a este homem, e sua equipe, que vivenciaram um fato histórico em solo lunar.

Neil Armstrong foi o primeiro homem a pisar na Lua, dia 20 de Julho de 1969, juntamente com uma equipe de astronautas, que estavam em uma missão chamada Apollo 11, onde Neil era o comandante. Na hora em que Neil deu o primeiro passo em solo lunar, ele falou uma frase que também ficou para a história: “Esse é um pequeno passo para o homem, mas um grande salto para a humanidade”.


Apesar de todo o acontecimento ainda há dúvidas sobre o caso, já que muitos se perguntam que dado o fato de terem passado 40 anos, e de terem acontecido muitos avanços tecnológicos por que nenhum outro homem voltou à lua ainda? Mas independente de ser verdade ou não que homem foi à lua, muitos prestigiam e comemoram a data que marcou o inicio de novas evoluções da tecnologia.

[1] Júlia Favaretto de Sousa e Raquel de Almeida Viergutz